Projeto Educativo Colégio Paulo VI

Projeto Educativo

Este Projeto Educativo do Colégio Paulo VI é, assim, uma nova forma de organizar o trabalho, um instrumento com projeção para o futuro que, como bem referiu Rui Grácio, “ajuda a inventar e a construir um futuro não apenas diferente, mas melhor” (Grácio, 1991), explicita as razões e as finalidades das atividades extracurriculares, compreende os problemas reais e os seus encadeamentos, adivinha e prepara as melhorias necessárias, preconizando uma pedagogia positiva e uma atitude construtiva de diálogo, de análise da ação e de aprendizagem com a experiência continuada.

Estamos cientes e conscientes de que a escola, enquanto instituição e como hoje a entendemos, tem como objetivo estar ao serviço da comunidade escolar em que está inserida, na qual os alunos são o agente essencial e têm o papel principal. O Colégio Paulo VI envidará todos os esforços para garantir a todos os seus alunos o direito a uma educação de excelência e uma efetiva e justa igualdade de oportunidades no acesso e sucesso escolares. Este Projeto Educativo operacionalizar-se-á através do Plano Anual de Atividades (cf. doc.),do Regulamento Interno (cf.doc.) e dos Projetos Curriculares de Turma que concretizarão os princípios e valores enunciados neste documento. Em função do Projeto Educativo, o Plano de Atividades, atento às realidades locais e às aspirações de cada um, organiza as ações e identifica os recursos envolvidos para as concretizar, pois, como diz Caeiro, “A espantosa realidade das coisas / É a minha descoberta de todos os dias.” (Caeiro, 1979).

O Regulamento Interno estabelecerá normativos disciplinares e outros, num conjunto coerente, aceite por todos, sem caráter discricionário, no qual se reconheça um instrumento de sociabilidade que permita trabalhar mais e melhor. O Plano de Acompanhamento Pedagógico de Turma ou Individual, previsto no Despacho Normativo n.º 24- A/2012, apontará para a adaptação do currículo nacional à situação real da turma e das necessidades e especificidades dos alunos.

Educar é Moldar uma Sociedade

O Colégio Paulo VI é uma escola alicerçada nos valores e na busca incessante da excelência e, por isso, reconhece a necessidade de valorizar, distinguir e premiar, a diversos níveis, os seus melhores alunos, incentivando, assim, o privilégio e prazer de estudar e o consequente desempenho escolar. Estamos plenamente convictos de que, divulgando e premiando o mérito, estamos a contribuir não só para a valorização da aprendizagem e da cultura, mas, também, para a formação integral do ser humano e criação de uma sociedade mais justa, multicultural e solidária, daí que este Projeto Educativo estabeleça uma relação dialogal com o Regulamento dos Prémios de Mérito Escolar do Colégio Paulo VI. Claro está que o desenvolvimento e a implementação de qualquer Projeto Educativo mora na tensão constante entre a paixão e a frustração, entre o presente e o futuro e entre a execução e a avaliação dinâmica. Por isso não é uma batalha ganha, mas uma (re)conquista em aberto, documento atento às mudanças sociais que vão ocorrendo, sendo ele próprio agente de mudança.

A este Projeto Educativo subjaz uma realidade consabida: o ser humano vale pela educação que possui; educar uma sociedade é fazê-la progredir; a educação - ato pedagógico na sua multiplicidade física, intelectual, moral, cultural e cívica – é, cada vez mais, um elemento essencial ao desenvolvimento do homem, proporcionando-lhe, ainda, a vivência em cultura democrática e o exercício pleno da cidadania.

Ser ou Não Ser

Como bem referiu De Los Rios, sintetizando o pulsar do mundo moderno,“Cresceu a ciência, cresceu a técnica, cresceram as invenções e as máquinas, mas não cresceu o Homem. Com a mecanização industrial, o homem tornou-se máquina, descurou as íntimas aspirações e a ciência do seu próprio coração. E naquelas regiões profundas onde cada um se encontra a sós consigo mesmo,foram-se, às vezes, apagando as luzes dos valores humanos e, com elas, o sentido da existência e a sã alegria de viver… (…) Hoje o homem tem muito que “fazer”, mas não consegue “ser”. E “ser ou não ser eis a questão…”» (De Los Rios, 1992).

Eis a razão por que este Projeto Educativo está ancorado na educação e valorização integral do ser humano: acreditamos, como sublinhou Roberto Carneiro, que “a reconstrução de uma cidadania forte passa necessariamente pela reabilitação daqueles estaleiros primários de socialização e por uma estratégia educativa concertada que coloque os valores da convivência acima de valores fugazes do sucesso económico” (Carneiro, 2000).

Bem se poderá dizer que a concretização deste Projeto Educativo é, sem dúvida, o Colégio Paulo VI em marcha. Vamos avançar. Ficaremos atentos aos erros, não para nos arrependermos, mas com o objetivo de, progressivamente, os eliminar. Vamos lançar a semente e criar uma dinâmica que permita, nos próximos anos letivos, fazer mais e melhor. A partir daqui, agindo impulsionados pelo futuro, todos seremos responsáveis pelo almejado sucesso.

O futuro julgará os caminhos que decidimos trilhar.

Brasão Símbolo Colégio Paulo VI

Formar o Futuro

Bem se poderá dizer que a concretização deste Projeto Educativo é, sem dúvida, o Colégio Paulo VI em marcha. Vamos avançar. Ficaremos atentos aos erros, não para nos arrependermos, mas com o objetivo de, progressivamente, os eliminar.